Vista aérea do Beira-Rio em Porto Alegre - RS.

Estádio Beira-Rio - Porto Alegre - RS

Pontos de embarque proximos a Estádio Beira-Rio

Terminal Rodoviário de Porto Alegre - Largo Vespasiano Júlio Veppo, 70 - Centro Histórico (5km)
Estacionamento Haudi Park - Largo Vespasiano Júlio Veppo, 127 - Centro Histórico (5km)

Sobre Estádio Beira-Rio

O Estádio José Pinheiro Borda (mais conhecido como Estádio Beira-Rio e pelo apelido de Gigante da Beira-Rio) é um estádio de futebol localizado às margens do lago Guaíba na cidade de Porto Alegre. Pertence ao Sport Club Internacional e sua capacidade é para 50 842 torcedores, sendo o 10.º maior estádio do Brasil.

O Beira-Rio foi inaugurado oficialmente em 6 de abril de 1969, numa partida amistosa entre a equipe do Internacional e o Benfica, de Portugal, para um público de mais de 100 mil pessoas. O jogo acabou em 2 a 1 para o time brasileiro, uma vitória histórica contra uma das melhores equipes da época, e que contava, entre outros craques, com Eusébio.

Desde então, o Beira-Rio foi palco de grandes momentos do futebol brasileiro e mundial, como finais do Campeonato Brasileiro, da Copa Libertadores da América, da Copa Sul-Americana, da Copa do Brasil e cinco jogos da Copa do Mundo FIFA de 2014, além de competições internacionais e partidas da Seleção Brasileira.

O Beira-Rio passou por um grande processo de modernização visando à Copa do Mundo de 2014. As obras do projeto denominado Gigante para Sempre começaram em março de 2012 e duraram cerca de dois anos. Neste período, a casa dos colorados foi adaptada às exigências e padrões internacionais do futebol estipulados pela FIFA, tornando-se mais confortável e segura.

O estádio adaptou-se às mais recentes exigências e padrões internacionais do futebol, pronto para sediar qualquer jogo nacional ou internacional, com um complexo esportivo sustentável. A casa do Internacional recebeu cinco partidas da Copa do Mundo de 2014. Foi batizado em homenagem ao cidadão português e colorado que presidiu a comissão de obras e comandou a construção, que morreu pouco antes de sua conclusão.