Home Destinos Pontos turísticos RS Porto Alegre Santuário Mãe de Deus - Porto Alegre - RS

Santuário Mãe de Deus - Porto Alegre - RS

Pontos de embarque proximos a Santuário Mãe de Deus

Estacionamento Haudi Park - Largo Vespasiano Júlio Veppo, 127 - Centro Histórico (9.2km)
Terminal Rodoviário de Porto Alegre - Largo Vespasiano Júlio Veppo, 70 - Centro Histórico (9.3km)

Sobre Santuário Mãe de Deus

O Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora Madre de Deus é uma igreja católica localizada no topo do morro da Pedra Redonda, Rua Santuário, próximo à Estrada dos Alpes, em Porto Alegre. O projeto para o edifício data de 1987, mas sua construção atrasou devido a preocupações de ordem ambiental, e sua pedra fundamental só pôde ser lançada em 16 de agosto de 1992, sendo consagrada pelo arcebispo de Colônia, o Cardeal Joachim Meisner. Foi concluído em junho de 2000, integrando-se às comemorações do Terceiro Milênio.

Tem 700 m² de área construída, divididos em dois pavimentos. É uma estrutura de aço, tijolos e vidro de linhas arrojadas, definidas principalmente pelo grande telhado em duas águas que organiza todo o conjunto e se estende até o nível do solo. Possui uma série de vitrais ilustrativos do Antigo Testamento e dos Sacramentos, e uma grande estátua da Padroeira, vinda da Itália e esculpida em madeira de tília. É um Santuário muito procurado também pelas belezas ecológicas e pela espetacular vista de 360 graus de Porto Alegre e cidades adjacentes, incluindo o estuário Guaíba e a entrada da Lagoa dos Patos (farol de Itapuã). Por isso o ônibus turismo da prefeitura passa várias vezes por dia pelo local.

O complexo do Santuário compreende um campanário independente e instalações sanitárias para o grande público que comparece nas ocasiões festivas e romarias. Para estes eventos foi instalado um altar ao ar livre na esplanada defronte ao templo, de onde se pode também apreciar uma vista magnífica de toda a região de Porto Alegre e do estuário do Guaíba. Desde 1 de janeiro de 2010 o Santuário é administrado pelos padres redentoristas.