Home O Sul não pode retroceder

O Sul não pode retroceder

O futuro da mobilidade interurbana na região Sul do Brasil está ameaçado

O que está acontecendo?

Na contramão de outras regiões do país, decisões do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) contra a Buser e suas parceiras podem impactar a liberdade de escolha por um transporte com preço mais acessível e eficiente.

  • 11 milhões de pessoas podem ser impactadas na região;
  • 60 cidades podem não ser atendidas.

Ações judiciais movidas por sindicatos e associações de donos de empresas de ônibus querem caracterizar que as inovações proporcionadas pela Buser sejam qualificadas como transporte clandestino. Isso pode impedir o funcionamento da empresa no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, afetando o seu direito à mobilidade.

O primeiro da série de julgamentos será no dia 18 de agosto, em Santa Catarina

Quem é a Buser?

A Buser é uma empresa de tecnologia que está trabalhando para democratizar o transporte interurbano no Brasil, fortalecendo a liberdade de escolha e suprindo a necessidade de transporte eficiente com preços acessíveis.

  • + de 2 milhões de usuários no Brasil;
  • + de R$ 150 milhões economizados em viagens de ônibus em 2 anos;
  • Viagens até 60% mais baratas que as passagens de ônibus da rodoviária;
  • Mais confortável, seguro e prático (tudo online).
Ônibus rosa da Buser

Qual é o seu papel nesta história?

Se você está neste site, já está exercendo seu papel de cidadão. Muito obrigado!

Compartilhe esta página com mais pessoas ou deixe seu email para apoiar a Buser e saber mais novidades sobre as decisões judiciais.

Deixe seu e-mail para apoiar a Buser e saber novidades sobre as decisões judiciais.

Ônibus rosa da Buser

Qual é o seu papel nesta história?

Se você está neste site, já está exercendo seu papel de cidadão. Muito obrigado!

Compartilhe esta página com mais pessoas ou deixe seu email para apoiar a Buser e saber mais novidades sobre as decisões judiciais.

Deixe seu e-mail para apoiar a Buser e saber novidades sobre as decisões judiciais.