1. Home
  2. Ônibus
  3. Jequié - BA

Ônibus indo para Jequié - BA

São Paulo (SAO)
Jequié
A partir de
R$ 200,00
Ver horários
Belo Horizonte (BHZ)
Jequié
A partir de
R$ 50,00
Ver horários
Montes Claros (MCL)
Jequié
A partir de
R$ 75,90
Ver horários
Feira de Santana (FEC)
Jequié
A partir de
R$ 35,90
Ver horários
Vitória da Conquista (VDC)
Jequié
A partir de
R$ 25,90
Ver horários
Campinas (CMP)
Jequié
A partir de
R$ 200,00
Ver horários
Aracaju (AJU)
Jequié
A partir de
R$ 200,00
Ver horários
Caruaru (CRR)
Jequié
A partir de
R$ 250,00
Ver horários
João Pessoa (JPA)
Jequié
A partir de
R$ 250,00
Ver horários
Maceió (MCZ)
Jequié
A partir de
R$ 200,00
Ver horários
Salvador (SSA)
Jequié
A partir de
R$ 69,90
Ver horários
Atibaia (ATB)
Jequié
A partir de
R$ 260,00
Ver horários
Osasco (OSC)
Jequié
A partir de
R$ 200,00
Ver horários
Guarulhos (GUA)
Jequié
A partir de
R$ 260,00
Ver horários
Poções (POC)
Jequié
A partir de
R$ 9,90
Ver horários
Salinas (SLI)
Jequié
A partir de
R$ 120,00
Ver horários

Perguntas frequentes

Por que é mais barato viajar para Jequié com a Buser?

A Buser oferece viagens de ônibus para Jequié até 60% mais baratas em relação ao preço médio das passagens rodoviárias, o seguro de vida é grátis e não têm taxas de serviço exigidas em outros sites de viagens.

Por que é mais prático viajar de Jequié com a Buser?

Você escolhe se embarca na rodoviária ou um ponto exclusivo da Buser em Jequié. No exclusivo, você precisa apenas de um documento com foto e não precisa imprimir nada. Viaje sem filas e sem burocracias.

Os ônibus da Buser para Jequié são mais confortáveis?

A Buser tem opções de ônibus cama, leito ou semi-leito, mais confortáveis que os convencionais. A maioria dos ônibus para Jequié possui ar-condicionado, Wi-Fi, tomadas e água mineral.

É seguro viajar de ônibus de Jequié com a Buser?

Todas as empresas de ônibus e motoristas das viagens de Jequié são certificados pela ANTT - Agência Nacional de Transportes Terrestres e o seguro de vida é gratuito para todos os passageiros.

Sobre Jequié - BA

A cidade de Jequié está a 365 km de Salvador, no sudoeste da Bahia, e fica entre a região da caatinga e a zona da mata. Com pouco mais de 155 mil habitantes, a cidade é também conhecida como a "Chicago Baiana". Isso porque em 1914, Jequié passou por uma terrível enchente, em que parte da cidade ficou destruída, tendo que recomeçar quase do zero. A referência a Chicago se deu pois a cidade norte-americana também havia sido devastada há alguns anos atrás, em 1871, só que pelo fogo, enquanto que Jequié pela água.

A "Cidade Sol" como também é carinhosamente chamada tem como principal atração turística natural a Cachoeira do Rio das Pedras, situada no distrito de Florestal. O local é uma excelente opção para quem gosta de lazer em meio a natureza, sendo uma ótima opção para se refrescar nos dias mais quentes do interior baiano. Próximo à cachoeira, há um bar e restaurante chamado Joia, onde encontra-se algumas opções de lanches e bebidas.

Outro destaque do município é o Museu Regional de Jequié que começa a chamar a atenção dos turistas já pelo seu prédio, em estilo colonial. O espaço foi inaugurado em 2006 e expõe acervos importantes sobre a história da cidade, incluindo imagens, máquinas históricas, documentos e demais objetos antigos que pertenceram às primeiras famílias que habitaram Jequié.

Um inusitado fato também marca a história da cidade. Em 1911, o então presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Aurélio Rodrigues Viana, decretou a mudança da Bahia de Salvador para Jequié. O ato enfureceu o Governo Federal, que reagiu bombardeando Salvador, ocasionando em um incêndio à biblioteca pública de Salvador e forçando a renúncia de Viana.

Leia mais